Lá do Alto: Confie no Senhor de todo o seu coração <3

confie-no-senhor-de-todo-o-seu-coracao-as-escolhidas
Imagem: Reprodução/Pinterest

O inimigo a todo tempo está ao nosso derredor planejando astutamente para fazer você cair, acabar com a sua  fé, frustar seus planos e fazer  você desanimar. Ele é especialista em destruição, causar contendas, desavenças, dores e tristezas.

Mas, ao seu redor há um grande exército impetuoso de anjos que trabalham 24 horas sem cessar à seu favor,te protegendo, te livrando dos laços do inimigo, fazendo com que algumas coisas saíam como você planejou, não porque você não merece, mas sim porque não seria o melhor que Deus planejou.

Já parou pra pensar? Será que eu tenho agradecido a Deus por cuidar tão bem de mim? Será que o que aconteceu comigo não foi um Livramento?

 

Não fique aí se lamentando,“Levantai mãos santas e exaltai o Cordeiro de Deus que voz tem guardado.”
Ás vezes, colocamos a culpa em Deus  e esquecemos que ele quer  o nosso bem. Assim, como uma mãe diz não ao filho, assim é o Senhor conosco.

“O não de Deus agora pode te livrar, de muitas coisas lá na frente. Deus não é mal ele só quer te proteger.”

Procure agradecer mais, pois ele tem trabalhado incansavelmente a seu favor, enquanto você pensa que ele não te ouve, que suas orações não sobem. Isso não é verdade! Lembre-se, quando Deus está em silêncio ele está trabalhando. Acredite! Confie mais no Senhor e você verá o milagre acontecer. :)

 

Reprodução: Texto lindo via Apenas um Jovem.
Gislaine Rodrigues
Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)

Lá do Alto – Seja forte e corajoso!

img_7181

Na maioria da vezes quando ficamos frente a frente com um problema, seja ele qual for, o primeiro pensamento que vem a nossa mente é “Como vamos resolver?”

Quando deveríamos dobrar os nossos joelhos e pedir que Deus nos guie diante daquela situação.

Então diante das dificuldades nunca devemos nos apavorar ou pensar em desanimar. Devemos ser corajosos e ter fé que o Deus que nós servimos é maior que qualquer dificuldade que possa nos atingir.

Que Deus derrame sobre nós toda a força necessária pra gente prosseguir firme e com fé.

Lidiane Silva
Casada, Mãe da Ester, do Arthur e da Sophia, Cristã na CCB, adora passear, e nas horas vagas aproveitar pra fazer crochet. =)

Lá do Alto: O poder da oração

A oração move montanhas e faz milagres que a gente nem imagina. Como é bom ter o privilégio de falar com nosso Deus e ter a certeza de que ele está nos ouvindo até mesmo quando não temos força para que as palavras sejam ditas.

É algo que nos aproxima de Deus, nos traz paz e alivio para qualquer provação que possamos estar passando. A oração é nossa ligação direta com o Reino de Deus e não há no mundo algo maior ou melhor do que sentir o Senhor perto de nós.

Navegando por aí, encontrei esse texto da Larissa Simão Machado no blog Confia no Senhor.

oracao-as-escolhidas-1

A maioria de nós lutamos com a oração. Esquecemo-nos de orar, e quando nos lembramos, temos pressa, fazemos orações com palavras vazias. Nossos pensamentos se dispersam no ar. Por que isso? A oração requer um esforço mínimo. Nenhum local é prescrito. Nenhuma roupa especial é necessária. Nenhum titulo ou cargo é estipulado. Mesmo assim, parece que estivemos lutando contra isso ultimamente!

A batalha que temos com a oração não é intensamente culpa nossa. O inimigo conhece o poder de nossas orações, sabe que quando abrimos a boca para profetizar, algo muito intenso e poderoso acontece. Não deixamos o inimigo com raiva quando ouvimos um louvor, ou quando fazemos o bem, mas as pernas dele tremem quando oramos com intensidade.

Precisamos nos manter firmes na oração. Todos os dias precisamos tomar decisões, lutar por aquilo que sonhamos e persistir na oração. A nossa oração tem o poder de transformar qualquer situação e destruir qualquer barreira em nosso caminho.

 

Reprodução: Texto por Larissa Simão Machado.

Gislaine Rodrigues
Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)

Lá do Alto: Não seja precipitado!

Uma certa vez, uma mulher seguia seu caminho com sua filha. Até que resolveram parar em uma feira e comprar maças.
Depois de um determinado tempo a mãe pediu a filha uma das maças para que ela comesse. Já tinham andado bastante e ela estava cansada.
– Filha, pode dar uma das maças para a mamãe?
– Claro mamãe só um minutinho!
De repente a menininha dá uma mordida em uma maça, olha para a outra e a morde também. Depois disso, escolhe uma das maças e dá a sua mãe com um enorme sorriso no rosto.
A mãe ficou sem entender o comportamento de sua filha e ficou até um pouco chateada pelo fato de sua maça ter sido mordida. Então resolveu pegar a maça e não disse uma só palavra.
A criança estranhou a feição séria da mãe e disse:
– Pode comer mamãe! Essa é a maça mais doce, eu mordi as duas para escolher para a senhora a melhor.

la-do-alto-as-escolhidas
Imagem: Reprodução/Pinterest
Esta é uma história simples e até lúdica mas que se lermos com atenção podemos identificar um ato que geralmente cometemos: precipitar-se!
Muitas vezes julgamos alguém ou uma situação antecipadamente e isso pode gerar malefícios, como mágoas e até mesmo a perda de ótimas oportunidades.
Na historia a criança mordeu as duas maças para saber qual era a mais doce para presentear a sua mãe. O seu objetivo era bom, era agradar a quem tanto amava. Entretanto, para a mãe que não sabia disso pareceu um ato de descaso. Somente depois ela pôde perceber que na verdade era um ato de amor.
Será que você não tem se precipitado em alguma área de sua vida? Ou em situações que poderiam lhe fornecer até boas oportunidades mas você acabou perdendo por ter entendido tudo errado?
Na Palavra de Deus em Provérbios 14:29 diz “Mas o de ânimo precipitado demonstra loucura.”. Ou seja, podemos perceber que quando agimos precipitadamente agimos como loucos, que não tem entendimento do que fazem. E daí, a razão de cometermos tantos erros.
Outro trecho forte da Bíblia está em Provérbios 29:20: “Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o tolo do que para ele.”
Devemos aprender com Aquele que sabe de todas as coisas, que é verdadeiro e nos ama, que é O Nosso Deus. Ele sempre nos ensina a pensar, analisar, buscar a sabedoria antes de agir.
Imagine se você pudesse voltar no tempo e não falar todas aquelas palavras que você disse quando estava com raiva para aquela pessoa que você ama? Talvez você tenha feito ou dito algo de forma precipitada há muito tempo, mas sofre por esse ato impensado até hoje. O que fazer?
Voltar no tempo não se pode, mas podemos agir de hoje em diante de forma mais sensata e sem sermos precipitados! Enquanto há vida há esperança :) rs
Texto escrito por Juliana Hellen do Blog A Menina dos olhos de Deus.
Gislaine Rodrigues
Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)

Lá do Alto: O melhor está por vir

Conheci há pouco tempo o blog Reacreditar, escrito por Bárbara Flores, e me encantei com seus textos lindos, cheios de Fé e do amor de Deus. Pra você ter uma ideia e se apaixonar também estou compartilhando aqui um dos textos lindos da Bárbara e lá no blog dela tem muito mais. :) <3
Decidi deixar minha vida nas mãos de Deus. Entendi que nada acontece por acaso, tudo o que acontece em nossa vida, até mesmo aqueles momentos que nem imaginamos ser significantes vem com um propósito, seja para amadurecermos ou aprendermos. Nada acontece sem uma razão. Nada é em vão. Nada acontece sem estar nos planos de Deus e com o tempo, quebrando a cara, a gente aprende que a melhor atitude a se tomar é esperar os planos de Deus! Ele está no controle de tudo, e tudo que Ele fizer é para o nosso melhor. Deus não faz nada antes e nem depois, confie nos planos que Deus tem para sua vida, os planos de Deus são maiores que os nossos. Mesmo você não vendo, Deus está agindo.
Sei que assim como eu, você também andou sofrendo bastante. Andou sentindo-se perdido, desemparado, sozinho. Mas acredite em mim: tenho certeza que Deus não permite passarmos por tudo isso em vão, em momento algum você está sozinho, Ele está sempre com você. Mesmo quando você não o clama, mesmo quando você não o nota, a Sua presença está ali, firme ao teu lado. Toda situação que Deus coloca em nosso caminho tem um propósito. Ás vezes demoramos um pouco para compreender a Sua vontade para nossa vida, mas na hora certa Ele mostra que nada foi em vão e passamos a entender que tudo o que aconteceu, de alguma maneira, foi para nosso bem.
Deus nos guia sempre, mas não se iluda que será uma estrada fácil, pois só conseguirá atingir a felicidade se estiver decidido a enfrentar o esforço da caminhada. O melhor a se fazer é entregar sua vida inteiramente para Deus. Se entregar de coração e alma e deixar que Ele tome as rédeas da sua vida. Permitir que Ele assuma o controle e deixá-lo guiar nossa vida de acordo com o propósito que Ele possui para cada um de nós. Nós sabemos o que queremos, mas só Deus sabe do que realmente precisamos e do que merecemos verdadeiramente. Confie, descanse e espere. O melhor está por vir. (Escrito por Bárbara Flores)
Reprodução: Blog Reacreditar – por Bárbara Flores.
Gislaine Rodrigues
Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)

Lá do Alto: Pedro e a Pedra – Uma Parábola sobre a Santidade

Passeando por alguns blogs achei essa Parábola sobre a Santidade, gostei muito e achei que seria interessante compartilhar com vocês. ;)

pedroeapedra

“Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! Todos esses anos tenho  trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos. Mas quando volta para casa esse teu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, mata o novilho gordo para ele!” Lucas 15:29:30

A atitude do irmão mais velho na parábola do “filho pródigo”, nos ajuda a pensar em uma séria questão. Qual a motivação de nossa obediência a Deus? Quando buscamos a santidade, fazemos por culpa ou medo da punição? Ou quem sabe, nossa retidão é motivada pela esperança de um galardão ou até de benefícios divinos liberados ao longo de nossas vidas?

Uma história apócrifa sobre os discípulos de Jesus, nos ajuda a ilustrar a questão:

Um dia, disse Jesus aos discípulos: “Gostaria que carregassem uma pedra para mim.” Ele não deu qualquer explicação. Então, os discípulos procuraram pedras para carregar consigo; Pedro, prático como era, procurou pela menor pedra que pudesse encontrar. Afinal, Jesus não havia dito nada sobre o tamanho e peso! Assim, colocou uma pedra no bolso. Jesus então disse: “Sigam-me.” E eles deram início a uma caminhada.

Por volta do meio dia, Jesus pediu que todos se sentassem. Fez um meneio com as mãos e todas as pedras se transformaram em pão. Então, disse: “É hora de comer.” Em poucos segundos a comida de Pedro havia acabado.

Terminada a refeição, Jesus pediu que todos se levantassem. Tornou a dizer: “Gostaria que carregassem uma pedra para mim.” Desta vez, Pedro pensou: “Aha! Agora entendo!” olhou em volta e viu um pequeno penedo. Suspendeu a pedra sobre os ombros, e era tão pesada que a deixou cambaleante. Mas pensava: “Mal posso esperar pelo jantar.” Então Jesus disse: “Sigam-me.” E eles deram início a outra caminhada, e Pedro mal conseguia acompanhar o grupo.

Por volta do horário do jantar, Jesus os conduziu para a margem de um rio. Disse: “Agora, quero que todos joguem as pedras na água.” E assim foi feito. Depois acrescentou: “Sigam-me”, e começou a andar. Pedro e os outros olharam para ele, embasbacados. Jesus suspirou e disse: “Não se lembram do que eu pedi que fizessem? Por quem vocês carregaram as pedras?

No final da parábola do “filho pródigo”, o irmão mais velho acaba revelando o lado maligno de sua obediência. Ele não obedecia porque amava o Pai e desejava honrá-lo. De fato, ele não desfrutava e nem valorizava a presença do Pai em sua vida;  tudo que lhe interessava eram os benefícios e as garantias desta presença.

Quantos de nós temos carregado pedras pesadas em nome da espiritualidade e da consagração a Deus? Mas a pergunta é: Para quem carregamos estas pedras? O que esperamos receber em troca? Será que a obediência a vontade de Deus, permanece para nós como um fardo pesado, o qual carregamos com grande sacrifício até o dia da recompensa?

A verdadeira santidade não espera recompensa. A verdadeira obediência não precisa de recompensa. Nós obedecemos porque amamos a Deus, e isto basta. A santidade genuína está em desfrutarmos da presença de nosso Pai e desejarmos permanecer nesta presença. Nossa alegria é ver a alegria de nosso Pai. Isto é a santidade.

Santidade é a separação total a Deus, dedicação total a Deus, vem de sagrado, consagrado. Sem um coração santo não se pode viver em santidade.

Santidade é o clamor do coração de Deus para o seu povo desde a Antigüidade até os dias de hoje.

A história de “Pedro e a Pedra” foi tirada do livro ” O Deus pródigo” de Timothy Keller, publicado pela Thomas Nelson Brasil; que por sua vez cita Elisabeth Elliot em “These strange ashes”

Fonte: Daqui

Lidiane Silva
Casada, Mãe da Ester, do Arthur e da Sophia, Cristã na CCB, adora passear, e nas horas vagas aproveitar pra fazer crochet. =)