Lá do Alto: Você sofre com o sofrimento dos outros?

luznavida

Eu poderia começar esse texto com algo já planejado, mas resolvi ir escrevendo sem um tema pré determinado e sem um final planejado. Parei pra pensar sobre o mundo e como as coisas vão indo, mas a minha única conclusão é que não gostaria de acordar todos os dias se fosse Deus.

Não gostaria de ser obrigada a ver as condições em que se encontra o mundo que eu mesma criei. Não gostaria de ver e ouvir o que pensam ou dizem os seres humanos que criei e dei a minha própria semelhança. Na verdade, diria que as aparências enganam, literalmente, pois eu não me pareceria com nenhum deles.

 

Pessoas que depois de séculos repetem os mesmos erros do passado e não se importam uns com os outros, não dão valor a presença de cada um que passa por suas vidas.

Parei pra pensar e se eu fosse Deus, esse mundo não existiria mais! Acredito que não existiria salvação nem pra mim mesma. E isso me fez pensar em como Jesus sofreu em sua missão e como toda aquela multidão teve a chance de dar um destino diferente à ele, mas nada fizeram.

Quando Pilatos perguntou a multidão: “…Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Cristo?” – Mateus 27:17 

“…E eles disseram: Barrabás.” – Mateus 27:21

Não pensaram na dor do próprio filho de Deus. Porque, simplesmente, o sofrimento não era com eles. Pessoas que só se importam consigo mesmas, que não sofrem ao ver o outro sofrer, que não choram com os que choram.

 

O que aconteceu naquele tempo com Jesus se repete todos os dias no mundo em que vivemos e parece que ninguém vê ou quer enxergar. As pessoas parecem estar cegas e ocupadas demais vivendo uma vida que não tem sentido nenhum nesta terra, dando mais valor para os prazeres desta vida do que pra própria alma. E se você estiver neste momento pensando eu não sou assim, acho que você precisa parar e refletir.

 

Você, realmente, se importa com as outras pessoas ou, simplesmente, continua vivendo a sua vida porque não é com você? Será que não deveríamos colocar o amor em prática de verdade e não somente da boca pra fora? Será que a dor e o sofrimento dos outros não nos causa nenhum sofrimento? Será que estamos fazendo as escolhas certas?

 

Pra todas essas perguntas a minha resposta é: Eu não sei! A única certeza que tenho é que a gente só começa a pensar no sofrimento dos outros quando sofremos e a dor parece não ter fim. Quando pedimos misericórdia e Deus não nos dá o privilégio de desistir ou fugir, como não deu ao seu próprio filho.

Talvez, seja preciso passar por todo sofrimento que vier pra que possamos dar valor ao lugar que ele nos reserva no céu. Mas, não seria muito melhor passar por tudo isso se a dor não fosse causada por quem sempre esteve ao nosso lado?

Pode ser que eu esteja errada, mas esse pode ser o nosso primeiro passo! :)

nãodesista

Gislaine Rodrigues
Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)

Comentários

Gislaine Rodrigues

Gislaine Rodrigues

Cristã na CCB, Consultora de Estilo no Cabide Criativo, adora tudo que envolve criatividade e quer um dia conseguir ajudar muitas pessoas no mundo. =)